Av. Brigadeiro Eduardo Gomes, 189 - Centro - Itaberaba - BA

Horário de Funcionamento : 24 horas
  Tel : (75) 3251-7111

Icterícia

Seu bebê passa por diversas transformações orgânicas. Algumas são visíveis e, embora sejam normais, podem causar preocupações aos pais. Esse é o caso da icterícia.

O que é?

É uma coloração amarelada da pele que ocorre na maioria dos recém-nascidos.

Qual é a sua causa?

Ela é causada por um pigmento de cor amarelada, produzido normalmente no organismo, e que se chama bilirrubina. Os recém-nascidos, durante alguns dias, não são capazes de eliminar totalmente essa substância, fazendo com que o excesso se deposite na pele.

Quando ela surge?

Geralmente nas primeiras 48 horas, podendo tornar-se mais intensa a partir do 3º ou 4º dia. Aparece inicialmente no rosto e, se aumentar, desce progressivamente, espalhando-se pelos braços, tronco, abdômen e pernas. A partir do 5º dia, devido ao amadurecimento do bebê, ela diminui.

Então não é doença?

Não é doença e também não é transmissível de um bebê para outro. É um fenômeno próprio de cada recém-nascido. Algumas vezes, por ser mais intensa, a icterícia pode causar transtornos ao bebê. Por isso, se a sua intensidade aumentar, deve-se procurar o pediatra.

Quais as conseqüências?

A icterícia de que estamos falando é a fisiológica, que não tem conseqüência séria, a não ser em circunstâncias muito excepcionais. Há casos de incompatibilidade entre o sangue da mãe e do bebê, que requerem maiores cuidados.

O que fazer quando ela aparece?

Na maioria das vezes, só é preciso observar o bebê. A partir de um certo grau e dependendo da idade e peso do recém-nascido, os médicos podem utilizar o banho de luz por meio de um equipamento chamado biliberço, que age sobre a pele, facilitando a eliminação do pigmento bilirrubina.
Os pediatras do berçário do Hospital da Chapada mantêm os pais sempre informados sobre o surgimento e evolução da icterícia. Você também pode consultá-los a qualquer momento.

A icterícia pode aumentar em casa, após a alta do bebê?

Embora seja raro, pode acontecer. Por isso, verifique sempre a coloração da pele do bebê à luz do dia. Se tiver dúvida quanto ao aumento da intensidade da icterícia, traga o bebê de volta ao endereço que você encontra no “cartão de alta” da maternidade, pela manhã, para que o pediatra o examine e, se necessário, solicite o exame que revela o valor exato da bilirrubina.

Se estiver aumentada, o que será feito?

A necessidade de reinternação para banho de luz é muito incomum, mas pode ocorrer em função da intensidade da icterícia, do peso e do número de dias de vida do bebê, bem como de outros fatores que serão avaliados pelo pediatra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *